Desafio Trilha Verde – 115 km – Diamantina a Santo Hipólito
Pedalando nas Minas Gerais

Desafio Trilha Verde – 115 km – Diamantina a Santo Hipólito

Trilha Verde da Maria Fumaça é um projeto de Ecoturismo, assentado sobre o leito de uma antiga ferrovia que ligava as cidades de Corinto e Diamantina e tem como objetivo promover a recuperação e a preservação da memória da região. A ideia é promover uma nova opção econômica para os moradores das vilas, povoados e cidades que estão ao longo do leito da antiga ferrovia, proporcionando uma melhoria da qualidade de vida. Ao longo da trilha que é quase totalmente plana, formações rochosas da Cadeia do Espinhaço, várias cachoeiras, rios, lagos marginais e grutas, ainda inexploradas constituem um belo cenário para o passeio. As antigas estações e os pontilhões de ferro, meio a Vegetação Rupestre e os Campos Cerrados, ainda resistem ao tempo.

Roteiro detalhado:
00:15 – Encontro dos participantes, acomodação no transporte (ciclistas, bikes e mochilas) e embarque com destino a Diamantina.
06:00 – Chegada a Diamantina, CAFÉ DA MANHÃ (incluso), organização das bikes, breve explanação de como será o passeio, alongamento, dicas e fotos.
08:00 – Início do pedal (115 km), com destino a Santo Hipólito, passando por Barão de Guaicuí, Cachoeiras do Barão e da Raiz, Conselheiro Mata, Rodeador e Monjolos.
Obs.: durante o passeio, faremos paradas para descanso, banho de cachoeira, lanche (não incluso) e relaxamento…
– Essa rota é 100% feita no leito desativado da ferrovia e é predominantemente em declive. Faremos uma pequeno trecho de subida, na saída de Diamantina.
– Chegada em Santo Hipólito. Banho e Almoço incluso.
– Embarque no transporte para retorno a BH.
22:00 – Chegada a BH.

Investimento por pessoa: R$ 290,00
Incluso: organização, logística e consultoria, café da manhã em Diamantina, almoço e banho em Santo Hipólito, transporte (ciclista, bicicleta e mochila), seguro, apoio mecânico e BikerGuia.

Próxima data confirmada: 02 de novembro de 2022

Clique aqui, faça a sua inscrição e escolha a forma de pagamento!

Clique aqui e veja o vídeo dessa aventura!

Dicas:
– Esta Aventura será no formato autônomo, sem carro de apoio e o participante deve levar: alimentos leves suficientes para todo o passeio, documentos, medicamentos e kit de higiene de uso pessoal, roupas (pedalar, passear e dormir), kit com ferramentas para pequenos reparos na bike, câmera de ar, bomba, canivete pequeno e lanterna;
– Aconselhamos levar ainda, celular, bateria extra, protetor solar, óculos para pedalar, luvas,
capacete e um agasalho para se proteger do frio.

Observações:
– Este roteiro acontece em qualquer época do ano com no mínimo 5 pessoas;
– Passeio indicado para pessoas que gostam de praticar atividades em contato com a
natureza, já tenham experiência em pedalar, sejam amantes das “magrelas” e curtem superar
GRANDES desafios;
– Caso tenha interesse em fazer este passeio em uma data específica, entre em contato.

NÃO DEIXE DE REVISAR A SUA BIKE ANTES DE INICIAR O PASSEIO

Bora Pedalar!🚵‍♀️🚵‍♂️

Artigos Relacionados

Caminho Religioso da Estrada Real – CRER – Piedade a Aparecida

Caminho Velho – Ouro Preto a Carrancas – Estrada Real

Caminho da Fé – Águas da Prata a Aparecida

Trilha Verde da Maria Fumaça – Diamantina, Cachoeira do Telésforo e Santo Hipólito

Caminho Velho – Carrancas a Paraty – Estrada Real